POSTAGENS NO BLOG

terça-feira, 19 de junho de 2018

Homem é preso por agredir seu pai em.....

Filho é preso acusado de agredir o próprio pai em Lima Campos


 
A vítima, Raimundo Ribeiro da Silva, 
compareceu ao Pelotão da Policia
 Militar de Lima Campos (MA) 
solicitando apoio, após sofrer 
ameaças e agressões físicas por
 parte do de Maurício Neris da Silva
, que é seu filho; ambos residem
 no povoado São Lourenço, zona 
rural, porém, as agressões 
acontecera na Rua Tiradentes, 
Centro da cidade de Lima Campos,
 às 11h30 desta segunda-feira.

A guarnição se deslocou até o
 local informado, localizou o 
acusado, foi feita a abordagem
 e posteriormente a condução 
do mesmo para a delegacia 
regional de Pedreiras.

Segundo testemunhas, o filho
 Maurício estava totalmente 
transtornado e agrediu o pai
 com socos e chutes.

Informações do 19º BPM 
de Pedreiras 



Fonte: Blog do Carlinhos.

Carreta com carga de celulares e tvs tomba na BR-316 e é saqueada.....


Carreta tomba na BR-316 próximo 

a Santa Ines e carga com celulares e 

Tvs é saqueada



De acordo com os primeiros levantamentos da PRF-MA, o tombamento ocorreu na altura do km 253 no momento em que o motorista do veículo, identificado como Waldemar Ramos Pessoa, tentava desviar de buracos na pista. O caminhoneiro afirmou que, em vez de ajudar, os moradores saquearam a carga. “A carga quase não chegou no chão, e o pessoal já estava saqueando. A PRF chegou, mas não teve jeito”, afirmou. Após tombar, a carreta ficou com os pneus para cima. O veículo levava carga com aparelhos eletrônicos como TVs, celulares, vestuário, produtos de limpeza, alimentos, bebidas e livros.

Ainda segundo a PRF-MA, o material seria entregue
 para uma loja de rede de departamentos, mas foi saqueado pelos moradores.
Carga é saqueada por moradores na BR-316, no Maranhão (Crédito: TV Mirante/Reprodução )
Carga é saqueada por moradores na BR-316, no Maranhão (Crédito: TV Mirante/Reprodução )
Carreta tomba na BR-316, no Maranhão (Crédito: TV Mirante/Reprodução )
Carreta tomba na BR-316, no Maranhão (Crédito: TV Mirante/Reprodução )
Carreta tomba na BR-316, no Maranhão (Crédito: TV Mirante/Reprodução )

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Jair Bolsonaro diz que pra o Brasil desenvolver é preciso.....

Em entrevista a Maranhão Hoje, Jair Bolsonaro diz que o Brasil não vai conseguir se desenvolver enquanto não controlar a violência

Por Aquiles Emir

Na última quinta-feira (14), o deputado 
Jair Bolsonaro (PSL) esteve em 
São Luís, onde repetiu as cenas
 verificadas em outras cidades que
 tem visitado nesta pré-campanha a
 presidente da República. 
No Aeroporto Marechal Hugo da 
Cunha Machado, um multidão aos
 gritos de “eu vim de graça” o 
aguardava e o recebeu como se
 fosse um ídolo do meio artístico; no 
Centro de Convenções Pedro Neiva 
de Santana, outros milhares de pessoas
 se concentraram para ouvir sua pregação;
 e à noite, numa casa de buffet, falou aos 
empresários locais.

Nas palavras ditas nas três ocasiões,
 Bolsonaro bateu na mesma tecla de que
 é preciso controlar a violência para que o 
Brasil possa se desenvolver, e promete
 fazer isto com muita inteligência e energia,
 mas engana-se quem pensa que este é 
seu único discurso. Aos empresário falou 
como pretende impulsionar a economia,
 seguindo as regras básicas do capitalismo
 de menos interferência do Estado no setor
 produtivo.
Antes da palestra ao empresário, o 
presidenciável concedeu entrevista a 
Maranhão Hoje, na qual aprofundou suas 
ideias sobre como governar o Brasil:

O que o senhor tem a oferecer ao Maranhão?

– Algo diferente de tudo o que já foi feito 
até agora. Sou um pré-candidato completamente
 diferente nos últimos trinta anos aqui no Brasil
 e, obviamente, com pé no chão, tenho 
esperança que dá para comandar o Brasil 
e trago esta mensagem à classe empresarial,
 que é a que produz, por isto merece respeito
 por parte do Estado, pois nós somos 
empregados deles e devemos interferir o 
mínimo possível em suas atividades. O que
 eu tenho falado para o empresariado tem
 dada efeito, até porque estou bem assessorado
 por economistas. Eu não sou economista, aliás,
 foram os economistas que botaram o Brasil no
 buraco em que ele se encontra, então acho que 
eles mesmo devem tirar o país da situação em 
que se encontra.

O que o senhor se propõe fazer para tirar o
 Nordeste da situação de atraso em que 
historicamente se encontra?

– Eu me proponho a trabalhar quatro anos
 pelo povo nordestino. Minha preocupação 
não é apenas ganhar, mas como governar. 
O Nordeste, muita gente abandona porque
 pensa que isto aqui é curral eleitoral de 
alguém, mas as pessoas daqui são iguais
 às do restante do Brasil, e o aproveitamento
 do seu potencial pode desenvolver todos 
os estados.

E quais são suas principais propostas
 para a área econômica?

– Primeiro, não interferir na atividade
 que produz, ou seja, é preciso 
desregulamentar, desburocratizar,
 abrir comércio para o mundo todo…
 Há cerca de um ano quando eu falei
 que sem segurança não haveria 
desenvolvimento, zombaram de mim,
 mas hoje todo mundo percebe que
 eu estava correto. Veja a questão do
 turismo, que tem um grande potencial
 na região Nordeste, mas por que 
não se desenvolve? Por causa da 
violência, que tem que ser enfrentada
 com radicalismo, não com florzinha, 
com essas políticas de Direitos Humanos,
 audiência de custódia, achar que o 
marginal é vítima da sociedade, ou seja,
 tem que jogar pesado para cima desse
s caras. Eu tenho dito, que violência se
 combate com inteligência, energia e por
 vezes com muito mais violência ainda,
 e ponto final. Quem achar que estou 
errado não vote mim, pois tá cheio aí 
de candidatos por aí…

O senhor pensa na diminuição do estado?

– Penso em diminuir o número de 
ministérios e diminuir a pressão sobre
 o setor produtivo. Vejamos: algumas
 atividades reclamam do excesso de
 fiscalização, eu entendo que o Estado
 deve ter sua atribuição fiscal e ninguém
 é contra ela, mas o governo não
 pode usar da subjetividade para fazer
 valer a sua vontade, por ocasião de 
fiscalizar empresas, sejam elas do camp
o ou da cidade.

O que seria privatizável no Brasil hoje?

– Nós temos hoje cerca de 150 estatais
, a grande maioria deficitária. Eu acredito
 que muitas delas serão até extintas, pois
 ninguém vai querer comprar e aquelas
 que, por ventura, forem essenciais e a 
iniciativa privada não quiser vamos 
continuar com elas para atender a 
população. Por outro lado eu falo que
 é preciso haver estatais estratégicas,
 nenhum país do mundo tem estatização 
zero, até para geração e transmissão 
de energia e outras por aí são essenciais.
 Acredito que em quatro anos de mandato 
pelo menos metade das atuais estatais
 deixaremos de ter no Brasil, até porque
 boa parte delas serve só de cabide de 
emprego para militantes de esquerda.

Como o senhor analisa as pesquisas 
que lhe dão vitória no primeiro turno, 
mas lhe complicam no segundo?

– Eu não acredito muito em pesquisas.
 Veja bem, há cerca de 15 dias o 
Instituto Data Poder me deu boa pontuação,
 ganhando de todo mundo, inclusive do 
Lula, no primeiro e no segundo turno, 
mas depois o Data Foice (Data Folha), como
 é de praxe, deu exatamente o contrário, 
mas vale lembrar que o Datafolha nas últimas
 eleições para prefeito errou em praticamente
 todas as cidades em que trabalhou.

Como o senhor pretende negociar com
 o Congresso para conseguir implantar
 as mudanças que tanto prega?

– Todos vocês (jornalistas) sempre fazem
 essa mesma pergunta a mim, onde quer 
que eu esteja. Com todo respeito, parece
 que vocês querem repartir aquilo que não
 é nosso, dos políticos. Eu costumo dizer 
que se é para fazer a mesma coisa, estou
 fora. Hoje eu tenho um grupo de 
aproximadamente 60 deputados dispostos
 a fazer uma base suprapartidária, com 
gente de vários partidos, que pode garantir
 a aprovação de um pacote de medidas 
que não vai onerar a população, que atende
 interesses dos evangélicos, dos ruralistas,
 da bancada de segurança, interesses regionais…
 Eu costumo dizer que um estado como
 Roraima, se for dada uma mexida na política
 ambiental, o estado vai lá pra cima, e vou 
fazer isso. Em resumo, em tenho proposta 
para atender todo mundo, menos PT, PCdoB,
 Psol e esse pessoal de sempre que quando
 chega ao poder quer poder absoluto, e falo
 isso com a experiência de sete mandatos, 
sem estar envolvido em nada. Acho que há
 uma maneira melhor de governar o Brasil.
Bolsonaro e Maura Jorge 

E qual seu grau de otimismo para 
vencer esta eleição?

– Tudo que faço é com prazer.
 Com a minha experiência de 
17 anos de Exército, se a minha 
missão for buscar o caminhão de 
adubo lá no pasto, vou com maior
 prazer, levo minha vida sorrindo, 
sem problema nenhuma. Por seu 
um voluntário, não posso estar com
 mau humor.

E com relação ao Maranhão?

– A Maura Jorge (ex-prefeita de 
Lago da Pedra e pré-candidata a
 governadora, no registro ao 
seu lado) apareceu, surgiu uma 
empatia entre nóss, e ela é uma 
das poucas pessoas que nós
 temos disputando governo estadual.
 E eu espero que com ela o comunismo 
seja varrido não apenas do Brasil, mas 
do Maranhão.

sábado, 16 de junho de 2018

Ex-mulher de Wesley Safadão pedi sua prisão por......

Ex-mulher de Wesley Safadão fica revoltada, abre o jogo e entra com pedido de prisão do cantor

Foto/Reprodução
Publicidade













A situação envolvendo Mileide Mihaile, 
de 29 anos, ex-mulher de Wesley Safadão,
 com quem tem Yhudy, de 7, está ficando 
cada vez mais complicada. Isso porque, 
conforme ja foi noticiado, o cantor entrou
 com um pedido solicitando que o valor
 pago de pensão, cerca de R$ 9 mil, 
seja revisto e a que a Justiça inclua os 
valores que ele dá por fora da importância
 depositada mensalmente.

Pronto, foi aí que se iniciou uma verdadeira
 confusão envolvendo o nome de Wesley 
Safadão. Agora Mileide Mihaile, ex-de 
Wesley Safadão resolveu abrir o jogo. Em
 conversa com a revista Quem, a Digital 
Influencer falou sobre a situação: “Fiquei 
sabendo do pedido quando fui intimada na
 quarta-feira (6). Ele sempre pagou 10 
salários mínimos (algo em torno de 9 mil)
, mas pagava por fora a escola do nosso
 filho, que custa R$ 2.600. Só que há 2 
meses, ele desconta a escola do nosso filho
 mais R$1 mil de gasolina do valor total da
 pensão pois ele simplesmente decidiu 
assim. Então o valor que fica para o Yhudy
 é de R$5.400”, explicou ela, que 
esclareceu um ponto bastante importante 
dessa história toda. A moça contou que 
advogada, Olívia Pinto, já entrou com um
 pedido de prisão do cantor caso ele não 
corrija os valores dos dois últimos meses.

Vivendo apenas de seu trabalho na internet
 atualmente, Mileide revelou que precisa do
 valor pago pelo cantor para manter o padrão
 de vida do filho: “Hoje sou digital influencer
. O que recebo é incerto. Hoje tenho e 
amanhã não, não é um valor fixo. O Wesley
 não pode alegar que eu seja tão bem-sucedida
 para oferecer ao nosso filho um padrão como
 o que ele oferece. Eu nem ia brigar por isso,
 mas só por esse massacre que estou passando
, agora vou até o fim. Cheguei no meu limite 
de humilhação e desprezo. Não fui uma
 namoradinha dele. Fomos casados por oito
 anos e meio. Meu filho foi planejado por mim
 e por ele durante cinco anos! Meu filho não
 é um acidente para ser excluído dessa maneira”
, disse Mileide.

Mileide também contou que quando se separou
 de Safadão não impôs nenhum tipo de valor 
para pagamento da pensão, pois havia acreditado
 em tudo que o cantor falou sobre o sustento do
 filho deles: “Na verdade, eu confiei inteiramente
 nele e em tudo o que ele me disse, assinei todos
 os documentos. Eu nunca fui para a Justiça porque
 eu tinha uma confiança, uma gratidão e um respeito
 pelo que tínhamos vivido. Fui assinando e 
confiando. Nunca faltou nada para mim e para
 o meu filho. Mas de dois meses para cá ele 
resolveu diminuir a pensão”, afirmou.

A moça ainda contou que mora no coração
 de Fortaleza e que por lá o padrão de vida é
 bastante alto: “Quando ele desconta R$3.600,
 fica R$5.400. Não paga nem meu supermercado
! Sei que muitas famílias vivem com um salário
 mínimo. Mas faço de tudo para manter o padrão
 a que meu filho está acostumado. Ele vê um
 mundo diferente na casa do pai”, contou ela,
 reclamando das notas que afirmaram que os 
gastos que Wesley teria por fora, além da pensão,
 seriam referentes à troca de carro anual de Mileide,
 além dos gastos que ele tem com a compra de uma
 unidade de uma rede de salão para ela e da loja que 
ele montou para a ex trabalhar.

O fato mesmo é que Mileide ainda parece ser 
muito magoada com a separação de Wesley, 
principalmente por dizer que o ex já se relacionava
 com a atual esposa Thyane Dantas, quando eles 
ainda eram casados:

“Todas as vezes que meu filho vai para lá,
 nunca consigo me comunicar com ele, não 
consigo que me atendam. Isso é esmagador
 para uma mãe! O Wesley não atende o telefone
. E mesmo que meu filho peça para falar comigo, 
eles não me colocam em contato ele. Sou mãe dele!
 Vejo que é um problema pessoal. Ele ultrapassa o 
próprio filho para me atingir. É humilhação 
desnecessária. Nunca falei nada, mas existe um 
momento em que você precisa gritar. Protegi a imagem
 dele, que nunca teve consideração. Não sinto mais nada 
por ele como mulher. Mas sou mãe do filho dele e não
 quero ver o menino sofrer”, contou, com a voz embargada.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Cinco motivos que podem levar Ciro Gomes a presidência......

Cinco motivos que podem levar Ciro Gomes à Presidência do Brasil


 

Oscilando entre 10% e 11% na última pesquisa realizada pelo Datafolha, Ciro Gomes (PDT) disputa a ida ao segundo turno (em um cenário sem Lula) com Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB). Ele e o tucano estão tecnicamente empatados, Marina tem pequena vantagem, segundo o levantamento do instituto. Foram entrevistados 2.824 eleitores de 174 municípios na quarta, 6, e na quinta, 7. Os dados foram divulgados no jornal Folha de S. Paulo.

A menos de quatro meses das eleições, o pedetista precisa capitanear votos se quiser chegar ao mais alto cargo do Executivo do País. Após listar cinco pontos que podem atrapalhar a campanha do ex-governador do Ceará, O POVO Onlineaponta motivos que podem levar o pré-candidato ao Palácio do Planalto.

Proximidade com Lula

Apesar de desferir críticas ao PT, Ciro é, depois do petista Fernando Haddad, o pré-candidato mais próximo a Lula, dentre aqueles que têm parcela significativa das intenções de votos. Quando o ex-presidente foi preso em Curitiba, ele lamentou a detenção e atacou a conduta do processo por parte dos magistrados. Lula é, atualmente, o pré-candidato que reúne maior número de eleitores, de acordo com a pesquisa. Mesmo preso, ele lidera as intenções de votos com 30% dos entrevistados. O ex-governador cearense é um dos principais beneficiados com eleitores do petista caso ele não possa ser candidato, chegando a crescer cinco pontos percentuais, atingindo 11% das intenções de votos. 

Força no Nordeste

Ciro construiu a carreira política no Ceará, onde também está o clã dos Ferreira Gomes. Os aliados estão espalhados no Legislativo e em prefeituras do Interior e da Capital. Governador do Ceará, Camilo Santana também integra o grupo político do pedetista. Tanto nas eleições de Lula quanto nas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o Nordeste mostrou peso nas urnas. Caso conquistado, pode definir o futuro presidente em um cenário onde 34% dos entrevistados dizem que votam em branco, em nulo e em nenhuma das opções caso o nome do ex-presidente não aparece nas urnas.

Experiência política e administrativa

Ex-deputado estadual e federal, ex-prefeito de Fortaleza e ex-governador do Ceará, o Ferreira Gomes tem extensa carreira política. Candidato em 1998 e 2002 ao Palácio do Planalto, o cearense também já foi ministro da Integração Nacional e da Fazenda durante o governo dos ex-presidentes Itamar Franco e Lula, respectivamente. Em cenário onde a rejeição do presidente Michel Temer (MDB) bate recorde de impopularidade, a posição política de Ciro também é um caminho até os eleitores. Oscilando pela centro-esquerda, o pedetista já garantiu que irá rever reformas feitas pelo atual chefe do Executivo nacional.

Estrutura partidária

Há três anos no PDT, Ciro tem em torno dele uma bancada partidária mais forte que a de alguns concorrentes diretos, como a Rede, de Marina Silva, e o PSC, de Bolsonaro. Os 12 deputados, além de garantirem maior tempo de propaganda eleitoral para o pré-candidato, também trazem mais possibilidades de coligações a outros partidos, aglutinando alianças e ampliando o tempo de tela diante dos eleitores.

Apoio de governadores

Com a proximidade das eleições, alianças em favor de Ciro começam a se formar. Uma dessas se forma entre governadores petistas. Além de Camilo Santana (PT), que caminha politicamente com os Ferreira Gomes, Flávio Dino (PC do B-MA), Fernando Pimentel (PT-MG) e Rui Costa (PT-BA) já manifestaram simpatia por uma aliança com Ciro.

Correção: Diferente do que foi publicado inicialmente, Ciro foi ministro da Fazenda durante o governo Itamar Franco e geriu a Integração Nacional durante o governo Lula. Ele não ocupou ministérios no governo FHC.

Menina de 3 anos é espancada até a morte por fazer xixi em....

Menina de 3 anos é espancada por padrasto até a morte por fazer xixi na roupa













Foto: Reprodução (TV Poços)

Reportagem:CAROLINA CAETANO
Fonte: O TEMPO

Morreu nesta sexta-feira (15), a pequena 
Ana Lívia Lopes da Silva, de apenas 3
 anos, espancada pelo padrasto por fazer
 xixi na roupa em Poços de Caldas, 
no Sul de Minas. A mãe da criança
 também foi detida por omissão às agressões.


De acordo com o boletim de ocorrência
 da Polícia Militar, a menina foi levada a
 um hospital desacordada e muito
 inchada pela tia materna, no início da 
noite dessa quinta-feira (14). Policiais
 foram acionados e fizeram contato na
 unidade de saúde também com a mãe
 do suspeito.

A mulher disse que ao chegar do serviço
 foi abordada pela nora, mãe de Ana Lívia
, dizendo que o companheiro havia batido
 na enteada. À polícia, a mulher de 18 anos
 contou que as agressões ocorreram na 
quarta (13) depois que a menina urinou na
 roupa e, irritado, o criminoso, de 27, deu 
chineladas na garotinha.

A mãe afirmou que estava dormindo e só 
percebeu que a filha havia sido agredida
 por volta de 8h30 dessa quinta. A
 criança ainda teria conversado um 
pouco, mas perdeu a consciência e passou
 o dia inteiro desacordada dentro de 
casa. A mãe alegou que entrou em desespero
 e por isso não tomou nenhuma providência.

Por volta das 17h30, a criança começou a 
vomitar e só então a mãe pediu ajuda da sogra.
 A princípio, a menina recebeu o primeiro
 atendimento no Hospital Margarita Moralles, 
mas, devido à gravidade dos ferimentos, foi
 transferida para a Santa Casa da cidade, onde
 foi constatado traumatismo craniano.

A criança permaneceu em coma induzido 
até a madrugada, quando morreu. Um
 médico da Santa Casa afirmou aos 
militares que Ana Lívia tinha sinais de 
abuso sexual. No entanto, apenas exames
 periciais poderão confirmar o estupro.

O bandido foi preso em casa e preferiu ficar 
calado. Ele e a mãe da vítima foram
 encaminhados à delegacia de plantão.

Homem com medo de ser corno cola vagina da esposa em....

Com medo de ser corno homem colar a vagina da esposa com Super Bonder




















Um homem de 28 anos de idade foi preso
 no interior de Pernambuco depois de colar 
a genitais de sua esposa com super bonder.
 A esposa foi levada às pressas para o hospital 
e sofreu complicações médicas e dor excruciante.

O homem disse aos policiais que colou as
 genitais da mulher com medo de ser corno
, “Eu não confio nela, ela fica o dia todo em
 casa sozinha mexendo no Whatsapp e facebook 
e eu passo o dia no trabalho.

Conforme a delegada, a agressão aconteceu 
na última quarta-feira (13), na casa em que 
o casal mora, no interior de Pernambuco.
 O acusado teria colado às partes intimas 
da mulher enquanto ela dormia.

O suspeito Francisco Severino da Silva, 
que não tinha passagem pela polícia, teve
 a liberdade provisória decretada pela Justiça
 e responderá pelos crimes de lesão corporal,
 violência doméstica em liberdade.

 

Subscribe to our Newsletter

Contact our Support

Email us: Support@templateism.com

Our Team Memebers